Problemas em lixão de Pombal

Apesar da considerável distância da área urbana do município acaba sendo empurrada pela a força dos ventos, resultando em incomodo para moradores da cidade.

A situação tem sido verificada sempre e muitas das vezes precisa de uma ação direta do Corpo de Bombeiros, que chega a desperdiçar grande volume de água para conter as chamas nesse momento de crise hídrica, e mesmo controlados os resquícios de labaredas por baixo do monturo voltam a alimentar o incêndio. A hipótese do fogo no lixão é de que possa ter sido ocasionado pela liberação de gás dos resíduos em decomposição ao longo do tempo. No entanto, indícios de motivação criminosa também são consideradas como hipóteses já que fatos desta natureza já foram verificados outras vezes. Sem saber quem são os responsáveis ou as causas prováveis a certeza é de que a fumaça segue sempre em direção a cidade.

Segundo informações colhidas junto a Companhia do Corpo de Bombeiros da cidade de Pombal, através do Tenente Germano, a causa do incêndio no lixão ainda não foi identificada.

A companhia esteve no local com um caminhão de incêndio e uma viatura de suporte para combater as chamas.

Foram solicitadas da prefeitura a presença de uma patrol, uma retroescavadeira além de dois carros pipa para darem suporte ao combate às chamas.

Na oportunidade, o Chefe de Gabinete Francisco das Chagas e o Secretário de Transportes Marcelo Camilo, estiveram no prédio do Corpo de Bombeiros para prestar a assistência necessária para que o incêndio fosse contido o mais rápido possível.

Também estiveram no lixão prestando apoio e colaboração ao serviço de combate desenvolvido pela equipe do CBM.

Thiago Florentino

 

 

 

Liberdade FM

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.